Elaboração de estratégia de marketing

 

MARKETING DE UMA REDE EM FRANCHISING

MARKETING NACIONAL

VERSUS

MARKETING LOCAL

 
A elaboração de uma estratégia de marketing de uma rede de franchising, terá que ter necessáriamente em conta dois planos distintos e ao mesmo tempo complementares: a estratégia de marketing geral da rede (Marketing Nacional) e a adequação dessa estratégia para cada unidade local e no seu mercado específico (Marketing Local).
 
O primeiro passo é efectuar uma análise do mercado (Estudo de Mercado), com vista a conhecer o mercado, os consumidores que se pretende atingir e as suas necessidades, a concorrência, o produto/serviço e a forma como se deve posicionar. Efectuada esta análise o Franchisador vai elaborar a sua estratégia de Marketing, que consiste na formulação de um plano de actuação no mercado no qual a rede se vai instalar. Esta estratégia implica conhecer através do estudo de mercado as variáveis incontroláveis (sociais, económicas, políticas e legais) que constituem a situação envolvente da rede e desenvolver um plano para as variáveis controláveis (o seu marketing mix, produto/serviço, preço, distribuição e comunicação).
 
A ESTRATÉGIA DE MARKETING
 
Decompondo a elaboração da estratégia de marketing por fases, deve-se em primeiro lugar levar a efeito um inventário das realidades, na análise do mercado. Fazer uma análise externa (Ameaças e Oportunidades), caracterização do meio envolvente, análise do mercado e análise da concorrência. De seguida, uma análise interna (Forças e Fraquezas) da empresa e do produto/serviço: organização interna, capacidade produtiva/prestação do serviço, força de vendas e imagem de marca.
 
Numa segunda fase terá que efectuar a selecção da estratégia e formulação do Marketing-Mix: produto/serviço, preço, distribuição e comunicação. Estes são quatro factores controláveis que actuam sobre o mercado de forma independente mas interligada.
 
O passo seguinte será a definição de objectivos quer quantitativos (quota de mercado a atingir, nº de clientes, facturação,etc) quer qualitativos (imagem da empresa ou do produto/serviço, segmentação, posicionamento em relação à concorrência, factores de diferenciação, etc.). Impõe-se aqui não deixar de pensar localmente e atender ao Marketing Local, já que limitações do mercado (ou de alguns mercados locais) irão impor a definição de objectivos adequados à realidade (ex. nº de lojas, nº de clientes,etc) ou no caso dos master franchisadores a adequação da imagem da empresa à realidade nacional onde se vão instalar, ou ainda a alteração da gama de produtos/serviços pois a cultura, usos e costumes variam de país para país.
 
Finalmente, o franchisador terá de formalizar todos estes passos sob a forma de um plano escrito de marketing nacional para a rede, que planificará as acções no tempo e o controlo e a avaliação dos resultados.

 

 

Ao nível da comunicação e da publicidade, importa aqui distinguir novamente os dois planos distintos mas complementares que fundamentam a estratégia de marketing de uma rede de franchising : o Marketing Nacional e o Marketing Local.
 
O Marketing Nacional deverá ser gerador sobretudo de reconhecimento de imagem de marca (marca, logotipo, imagem dos produtos e serviços, publicidade institucional, etc) enquanto o Marketing Directo do franchisado destina-se à comunicação directa com o cliente local (publicidade a nível local e de cariz mais direccionado). Nos manuais do franchisador deverão ser especificadas as várias acções a desenvolver e os passos a seguir em cada uma das formas de marketing local (telemarketing, relações publicas, publicidade em rádios, jornais, outdoors , campanhas de mailing, contactos pessoais, promoções,etc).
 
A este processo chamamos de Marketing Integrado, cujas acções do franchisador e franchisado não funcionam de forma isolada, mas sim integrada.
 

O MARKETING INTEGRADO:       

Deverá necessariamente existir um plano de marketing directo para cada unidade franchisada feito à luz das traves mestras do plano de marketing do franchisador, dando resposta às especificidade próprias do mercado-local em causa e aproveitando as características singulares da expansão de um conceito de negócio em franchising.

 

 

Poderá ainda ter interesse em:

A marca é a alavanca da sua empresa

Como vender produtos e serviços no século XXI

Os sete mandamentos da atitude de markerting

O Marketing em tempos de crise: o que é possível fazer?

 

 

António Godinho
Administrador do grupo Onebiz
www.onebiz-group.com

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape 

Webmarketing

3 erros dos empreendedores ao investir em marketing digital

O principal erro que as pequenas empresas cometem é justamente ir atrás e tentar replicar as estratégias das grandes corporações. A palavra-chave em marketing d...

Como encontrar emprego nas redes sociais

Procurar emprego é um trabalho a tempo inteiro e as redes sociais tornam as oportunidades mais reais.” "Há muitas oportunidades de emprego que exigem uma presen...

Getty Images disponibiliza 35 Milhões de Fotografias

Getty Images, acabou de disponibilizar 35 milhões de imagens para serem utilizadas gratuitamente, com o intuito de lutar contra a indevida utilização das suas i...

Google revela características essenciais para se ser contratado pela empresa

Numa entrevista recente dada ao New York Times, o chefe dos recursos humanos da Google, Laszlo Bock revelou as cinco características essenciais que uma pessoa d...

GooCvs, o "Google" para currículos

Chama-se GooCvs e é um motor de busca grátis que possibilita a ligação entre empresários e utilizadores, através da colocação online dos currículos de novos tal...
Page:   of 22