Webmarketing

200 Ferramentas Top para Marketing Digital

Neste artigo são apresentadas 200 ferramentas recomendadas para Marketing Digital.

Google faz a seleção dos mais populares no Mundial

A Google divulgou a sua seleção dos melhores jogadores do Mundial 2014, até à primeira frase. A escolha dos atletas leva em consideração o ranking dos mais proc...

Marketing Digital quer especialistas

É uma das áreas emergentes e precisa de profissionais especializados. Um estudo do IPAM – The Marketing School, revela que a área do Marketing Digital está em c...

10 dicas para ser mestre de pesquisa no Google

Nem todos os utilizadores sabem como aproveitar o motor de busca da Google em pleno. Há pequenos detalhes que podem tornar a pesquisa mais eficaz e ferramentas ...

Página da NOS no Facebook: falta de ética ou polémica exagerada?

A marca que sucedeu à Zon Optimus viu-se envolvida numa nova vaga de acusações, desta vez por ter transferido de forma automática os Gostos das páginas das anti...
Page:   of 23 

 

Saber mais sobre o Workshop SEO

Digital Drink Porto

Digital Drink Lisboa

PWM is a Hootsuite Partner

Hootsuite Solution Partner

Diferença entre motores de busca, directórios e portais


Estes 3 tipos de sistema de pesquisa de informação na web são distintos. Embora, os seus utilizadores frequentemente os confundam porque são utilizados de modo semelhante.

Cada um destes sistemas apresenta um funcionamento diferentes e é importante saber distingui-los de modo a que se possam criar páginas visiveis em todos eles.

Motores de busca

Um motor de busca periodicamente recolhe páginas da web e constrói um novo índice que permite efectuar pesquisas rápidas sobre esta informação.

Um motor de busca é composto por 5 componentes principais: o crawler, o repositório, o indexador e o ordenador.

O crawler descobre e recolhe automáticamente conteúdos da web, seguindo os links contidos nas páginas. Apenas os conteúdos que o crawler seja capaz de encontrar e recolher poderão vir a constar em resultados de pesquisas no motor de busca. Logo, é crucial escrever páginas amigas dos crawlers.

O repositório armazena as páginas recolhidas de modo a que possam ser indexadas e mostradas em cache.

O indexador extrai as palavras dos conteúdos web e cria um índice invertido. Caso não seja possivel extrair correctamente as palavras de uma página, esta dificilmente será retornada como resultado de pesquisas.

O ordenador ordena as páginas que contenham os termos pesquisados por um utilizador de modo a que as mais relevantes sejam apresentadas nos primeiros lugares. As páginas que não tenham sido escritas considerando os requisitos dos motores de busca são relegadas para posições mais baixas em relação a páginas optimizadas para motores de busca.

O apresentador gere a interface de utilização do motor de busca.

A prioridade do motor de busca é satisfazer a necessidade de informação do seu utilizador. Os utilizadores de um motor de busca podem sugerir sites para serem recolhidos. No entanto, um motor de busca tem controlo absoluto sobre quais as páginas que irá recolher e em que posição estas serão retornadas como resposta as pesquisas efectuadas por parte dos seus utilizadores.

Como exemplos de motores de busca temos o Google, o AltaVista, o AllTheWeb ou o MSN Search.

Directórios

Os serviços de directório contêm apontadores para sites organizados por categorias. Um webmaster regista um link para o seu site numa categoria do directório fornecendo também uma descrição sumária de todo o conteúdo do site.

Embora os directórios forneçam serviços de pesquisa, estes procuram apenas entre as descrições dos sites, ao contrário dos motores de busca que pesquisam sobre todos os textos de todas as páginas de um site. Pelo que, é muito importante fornecer boas descrições dos sites, focando os aspectos em que o site se distingue dos restantes na mesma categoria, e mantendo-as actualizadas de modo a reflectirem os conteúdos actuais do site.

Os directórios permitem encontrar rapidamente listas exaustivas de links para sites sobre um determinado tema. Além disso, a qualidade dos sites registados é verificada pelos responsáveis pelo serviço de directório, pelo que os links contidos em directórios atestam a qualidade de um site. Assim sendo, os motores de busca frequentemente iniciam as recolhas da web partindo dos links contidos nos directórios.

Ao longo do tempo muitas páginas referenciadas pelos directórios desaparecem e é necessário efectuar operações de manuntenção para eliminar estes links inválidos, o que muitas vezes não é feito com a frequência necessária para garantir a qualidade dos resultados das pesquisas. Por sua vez, os motores de busca eliminam URLs inválidos em cada nova recolha da web porque as páginas referenciadas não podem ser recolhidas e como tal não serão incluidas no novo índice. Algumas páginas desaparecem entre actualizações e são retornadas como resultados de pesquisas. Este problema é atenuado pela funcionalidade de cache, que permite visualizar as páginas arquivadas pelo motor de busca.

Na àrea de investigação em Recuperação de Informação frequentemente os directórios são usados como termo de comparação para avaliar novos algortimos ou sistemas. Por exemplo, vamos supôr que um investigador está a desenvolver um novo programa para detectar páginas escritas em português, para avaliar a eficiência do seu sistema, o investigador usa a categoria do directório que referencia páginas escritas em português como termo de comparação. Os serviços de referência actuais como o Google ou o Yahoo começaram como projectos universitários. É interessante garantir que as nossas páginas já constam nos serviços do futuro.

Como exemplos de serviços de directório temos o DMOZ, o directório do Clix ou do Sapo.

Portais

Os portais são sites que disponibilizam links para sites dentro de uma determinada área temática. Ao contrário dos directórios que apresentam links para diversas áreas temáticas consoante as categorias seleccionadas.

Os links para outros sites são exclusivamente geridas pelos webmasters dos portais.

Os motores de busca também utilizam os portais como ponto de partida para as suas recolhas, principalmente se procurarem conteúdos sobre um determinado tema.

O portal da ACM apresenta apontadores relacionados com investigação cientifica na área de Informática. O Sapo disponibiliza links relacionados com Portugal. O Jocsoft apresenta links relacionado com MP3.

Conclusão

Os motores de busca recolhem automaticamente informação da web.

Os links contidos nos directórios são sugeridos pelos utilizadores da web e verificados pelos editores do directório antes de ser incluidos.

Os portais são completamente geridos pelos seus webmasters.

Os portais e directórios muitas vezes disponibilizem acesso a funções de pesquisa que usam os serviços de motores de busca. No entanto, não têm controlo sobre que informação é recolhida pelos motores de busca.

É importante que um site seja referenciado por todos estes serviços porque todos apresentam vantagens especificas e quantos mais caminhos existirem para o seu site mais fácil será encontrá-lo, aumentando a sua visibilidade.

Uma vez que a web está em permanente evolução, a qualidade dos resultados retornados por todos estes mecanismos de pesquisa depende da frequência com que são actualizados e mantidos.

 

Poderá ainda ter interesse em:

Tipos de motores de busca

Optimização para motores de busca

Funcionamento de um motor de busca



Daniel Gomes
Visibilidade.net, divulgação na web
adaptado de Diferença entre motores de busca, directórios e portais»