Webmarketing

200 Ferramentas Top para Marketing Digital

Neste artigo são apresentadas 200 ferramentas recomendadas para Marketing Digital.

Google faz a seleção dos mais populares no Mundial

A Google divulgou a sua seleção dos melhores jogadores do Mundial 2014, até à primeira frase. A escolha dos atletas leva em consideração o ranking dos mais proc...

Marketing Digital quer especialistas

É uma das áreas emergentes e precisa de profissionais especializados. Um estudo do IPAM – The Marketing School, revela que a área do Marketing Digital está em c...

10 dicas para ser mestre de pesquisa no Google

Nem todos os utilizadores sabem como aproveitar o motor de busca da Google em pleno. Há pequenos detalhes que podem tornar a pesquisa mais eficaz e ferramentas ...

Página da NOS no Facebook: falta de ética ou polémica exagerada?

A marca que sucedeu à Zon Optimus viu-se envolvida numa nova vaga de acusações, desta vez por ter transferido de forma automática os Gostos das páginas das anti...
Page:   of 23 

 

PWM is a Hootsuite Partner

Hootsuite Solution Partner

A importância dos conteúdos

 Por Carlos Ascensão

Content is King é um dos clamores mais sonantes em Webmarketing. Isto acontece porque na Internet toda a gente procura por algum tipo de informação.

 
Não é por acaso que no início dos anos 90 Al Gore apelidou a Internet de Super Auto-Estrada da Informação.
 
A informação num website é o seu conteúdo mais importante. É fácil perceber que quanto mais útil, abundante e actual for o conteúdo dum website mais sucesso ele terá.
 
E o que dizer dos biliões de produtos que se vendem na Net?
 
Provavelmente vendem-se porque os seus webmasters lhes associam alguma informação que possibilita ao visitante tomar a decisão de compra.
 
Será no mínimo bizarro construir um site apenas com produtos e nenhuma informação. Esse site estaria condenado ao fracasso.
 
Já sabemos que o conteúdo é rei, mas qual a diferença entre bom e mau conteúdo?
 
A regra mais importante é certificarmo-nos de que o conteúdo é apelativo para a nossa audiência.
 
Em segundo lugar os conteúdos deverão ter algo de diferente em relação aos sites da concorrência. Se o seu site for igual a um site donde acabei de vir, provavelmente sairei tão rápido como entrei.
 
Os conteúdos devem ser facilmente compreensíveis. Devem ser escritos em linguagem corrente. Se tiver que usar termos pouco comuns não se esqueça de fornecer uma explicação sobre os mesmos.
 
Para criar conteúdos limite-se a escrever artigos ou notícias relacionados com o seu sector de actividade. Isto fornece-lhe alguma garantia de que quem os for ler será igualmente quem poderá comprar os seus produtos.
 
Se se sente capaz de lidar com os seus produtos mas pouco à vontade de escrever sobre eles, há inúmeros sítios onde pode recolher textos, bastando apenas referir a sua autoria e apontar um link para a respectiva fonte.
 
Antes de publicar os seus textos verifique cuidadosamente a ortografia e gramática. Textos com erros criam uma imagem negativa da respectiva empresa. E não se limite aos softwares de correcção ortográfica, visto que eles não apreendem a mensagem que está contida nos textos, a semântica. Releia os seus textos como se fosse uma terceira pessoa.
 
Finalmente, tente actualizar os seus textos o mais possível. Um site sem actualizações, para além de ser desconsiderado pelos motores de busco, desincentiva a visita regular por parte dos seus clientes.
 
E lembre-se: sempre que os seus clientes estiverem consigo não estão com os seus concorrentes!
 
 
 

 

Poderá ainda ter interesse em:

Boas práticas em Web design

Técnicas e ferramentas para keywords

URL’s dinâmicas prejudicam o ranking do Google?

Title Tag - A importância do título em Webmarketing

Autor Carlos Ascensão