Webmarketing

200 Ferramentas Top para Marketing Digital

Neste artigo são apresentadas 200 ferramentas recomendadas para Marketing Digital.

Google faz a seleção dos mais populares no Mundial

A Google divulgou a sua seleção dos melhores jogadores do Mundial 2014, até à primeira frase. A escolha dos atletas leva em consideração o ranking dos mais proc...

Marketing Digital quer especialistas

É uma das áreas emergentes e precisa de profissionais especializados. Um estudo do IPAM – The Marketing School, revela que a área do Marketing Digital está em c...

10 dicas para ser mestre de pesquisa no Google

Nem todos os utilizadores sabem como aproveitar o motor de busca da Google em pleno. Há pequenos detalhes que podem tornar a pesquisa mais eficaz e ferramentas ...

Página da NOS no Facebook: falta de ética ou polémica exagerada?

A marca que sucedeu à Zon Optimus viu-se envolvida numa nova vaga de acusações, desta vez por ter transferido de forma automática os Gostos das páginas das anti...
Page:   of 23 

 

PWM is a Hootsuite Partner

Hootsuite Solution Partner

5 Dicas de Webdesign para lojas online

Por Carlos Ascensão 

Provavelmente irá entregar a construção da sua loja online a uma empresa de Webdesign. Na altura em que fizer o briefing leve consigo ideias muito claras acerca dos seguintes cinco aspectos.

 5 Dicas de Webdesign para lojas online

Dica nº 1 – Faça Benchmarking

Benchmarking significa analisar as melhores práticas.

Examine minuciosamente os seus sites favoritos de e-Commerce.

Adapte criativamente os aspectos que valorizou mais em cada um deles à estrutura, design e funcionalidade da sua loja online e obterá um site de e-Commerce tão bom como aqueles que considera serem os melhores.
 

Dica nº 2 – Identifique-se

A sua homepage corresponde à montra principal da sua loja.

É essencial que ela crie uma boa primeira impressão junto dos seus visitantes. Assegure-se de que ela apresenta claramente os seguintes elementos básicos, para os quais os clientes olham, sempre que têm interesse em negociar consigo:

  1. Nome da empresa, logo e, eventualmente, slogan apresentados em destaque. Tire o máximo partido da possibilidade de divulgar publicamente a sua identidade de marca.

  2. Mantenha bem visível um modo de aceder à página “Sobre nós”, para que os clientes possam saber rapidamente quem é você e o que tem para oferecer.

  3. Um menu que apresente claramente as categorias e subcategorias principais da sua loja online. Mantenha o seu menu principal no mesmo sítio em todas as páginas do site.

  4. Uma secção “Novidades” para notícias, declarações, eventos e promoções de produtos. Se actualizar frequentemente esta secção encorajará os seus clientes a visitá-la com regularidade.

  5. Informação dos contactos. Não dificulte aos seus visitantes o acesso aos seus contactos. Afinal é para ser contactado que criou a sua loja online! Coloque num local bem visível em todas as páginas o seu número de telefone e endereço de e-mail, para que um visitante o contacte no exacto momento em que sentir impulso para o fazer.

  6. Declaração de Privacidade. Descreva com clareza a política da sua loja online sobre a protecção dos dados pessoais dos seus clientes.

 

Dica nº 3 – Pense na navegabilidade e usabilidade

Facilite aos seus clientes a exploração da sua loja.

Quando estruturar o seu site tente minimizar o número de cliques entre a página de entrada (“Landing Page”) e a página de pagamento (“Money Page”).

Ao invés de se concentrar nos efeitos dos seus botões e outros artefactos, concentre-se na informação dos seus produtos. Os visitantes da sua loja querem obter informações sobre se ela lhe disponibiliza os produtos que eles procuram. Não querem saber se você lhe colocou botões tipo Tuning.

 

Dica nº 4 - Simplifique

Mantenha as coisas simples. Pode parecer fácil, mas é bastante difícil resistir à tentação de colocar no site todos os artefactos de efeitos sonoros, visuais e ‘pirotécnicos’ que se encontram na Net à mão de qualquer indivíduo com “jeito para a informática”. Lojas online estão para o Tuning como Maomé está para o toucinho.

Mantenha uma paleta de cores relacionada com o seu logo, e use-a moderadamente de forma consistente nos seus títulos e outros objectos predominantes da loja.

Certifique-se de que as imagens servem para reforçar, não distrair, os seus objectivos de marketing.

Finalmente, assegure-se de que os seus textos são simples, claros e completos. Eles deverão ser apresentados com um tamanho e cor de letra que facilitem a leitura. Letra preta sobre fundo branco nunca lhe dará um prémio de originalidade, mas será de certeza mais eficaz do que letra laranja sobre fundo roxo.

 

Dica nº 5 – Pense na rapidez

Mantenha curtos os tempos de carregamento das páginas.

Teste as suas páginas para se assegurar que as imagens que lá colocou não as tornaram lentas.

Existem vários softwares gratuitos na Net através dos quais pode optimizar as suas fotos, reduzindo-lhes o espaço que ocupam em disco, sem afectar a sua qualidade visual. O software gratuito melhor e mais popular deve ser o GIMP.

Lembre-se que um dos principais motivos que levam as pessoas a desistir de visitar um site diz respeito à lentidão com que abrem as suas páginas.

Ver o artigo original: 5 Dicas de Webdesign para lojas online (Nota: abrirá outra janela)
Autor Carlos Ascensão