Webmarketing

200 Ferramentas Top para Marketing Digital

Neste artigo são apresentadas 200 ferramentas recomendadas para Marketing Digital.

Google faz a seleção dos mais populares no Mundial

A Google divulgou a sua seleção dos melhores jogadores do Mundial 2014, até à primeira frase. A escolha dos atletas leva em consideração o ranking dos mais proc...

Marketing Digital quer especialistas

É uma das áreas emergentes e precisa de profissionais especializados. Um estudo do IPAM – The Marketing School, revela que a área do Marketing Digital está em c...

10 dicas para ser mestre de pesquisa no Google

Nem todos os utilizadores sabem como aproveitar o motor de busca da Google em pleno. Há pequenos detalhes que podem tornar a pesquisa mais eficaz e ferramentas ...

Página da NOS no Facebook: falta de ética ou polémica exagerada?

A marca que sucedeu à Zon Optimus viu-se envolvida numa nova vaga de acusações, desta vez por ter transferido de forma automática os Gostos das páginas das anti...
Page:   of 23 

PWM is a Hootsuite Partner

Hootsuite Solution Partner

Paper Review, Vanevar Bush, As We May Think


V

A recolha de informação

O registo de imagens ou de palavras é feito quer em película quer em discos de cera ou em fios magnéticos. Mesmo que apareçam novas técnicas de registo estas ainda podem evoluir muito.

A fotografia terá mais resolução, pois as impressões terão menos grão.Paper Review

Surgirão mini câmaras que farão fotografias com 3 milímetros quadrados e terão lentes de focagem universal. Terão um aparelho para medir a luz e filmes com capacidade para centenas de fotos.

Haverá fotos a cores e estereoscópicas.

Será criado um cabo de disparo remoto.

Surgirá a “fotografia seca”. A captação das imagens não será feita em suporte emulsionado com líquidos e a revelação também não precisará de líquidos.

 

Haverá maior velocidade de disparo, proporcionando maior detalhe às imagens.

Será inventada a fotografia instantânea. Logo após a captura da imagem, esta será impressa através da impressão “ponto a ponto”. Um ponteiro move-se ao longo do papel e imprime-o com pontos através de sinais eléctricos, tal como se verifica hoje com o fac-símile.

E recorrendo a tecnologia semelhante à do fax, será possível fazer fotos com impressão à distância.

O microfilme vai melhorar devido à redução do grão do filme, melhoria do sistema óptico e captação de luz. Será possível reduzir 10.000 vezes um objecto. Por exemplo, a Enciclopédia Britânica caberia numa caixa de fósforos. E uma biblioteca com um milhão de volumes caberia dentro duma escrivaninha.

Tanta compressão não basta. É necessário desenvolver um sistema que permita a sua consulta.

O custo para reprodução da Enciclopédia Britânica em largas quantidades teria um valor equivalente à produção da cópia original.

Actualmente para se fazer um registo utilizamos um lápis ou uma máquina de escrever. Depois disso segue-se um processo intrincado de impressão e distribuição.


 O Vocoder (Laboratórios Bell)

É um aparelho ligado a um estenógrafo. No futuro escreverá através da fala.

As línguas actuais não estão adaptadas a estes mecanismos. É estranho que os inventores de linguagens universais não tenham criado uma adequada a estas tecnologias.

O investigador do futuro pode gravar a voz e imagem andando pelo seu laboratório. À noite pode meditar sobre as suas notas e comentá-las, pois pode vê-las, visto que estão projectadas miniaturas num ecrã.

Esta máquina também pode ser operada com um teclado. Tem células fotoeléctricas que lêem os caracteres tipografados, os quais podem ser interpretados através de circuitos eléctricos.

Este sistema podia ser extremamente simplificado se, em vez da nossa escrita grosseira, usássemos combinações de pontos. Na realidade, seriam buracos gravados num cartão.

Estas máquinas terão tubos termiónicos capazes de contar impulsos eléctricos à razão de 100.000 por segundo. Além disso, serão mais versáteis do que as actuais máquinas comerciais. Serão controladas por cartões ou películas e farão os cálculos e manipularão os dados de acordo com as instruções recebidas.

Serão úteis não só para realizarem operações matemáticas complexas para apoio aos cientistas, mas também para apoio aos professores para afinação das almas dos estudantes.

Uma nova linguagem permitirá que esta máquina processe, para além da escrita lógica da matemática, os assuntos lógicos do dia-a-dia.

Um dia poderemos introduzir esses argumentos com a mesma segurança com que introduzimos as vendas numa caixa registadora.

A gestão de dados proposta por Bush | As We May Think | Vanevar Bush

Apanhe o Elevador Webmarketing

O Memex | As We May Think | Vanevar Bush

Autor Carlos Ascensão


Menu Temático

Índice Geral | As We May Think | Vanevar Bush
Introdução | As We May Think | Vanevar Bush
A visão de Bush | As We May Think | Vanevar Bush
Breve biografia de Vannevar Bush | As We May Think
A gestão de dados proposta por Bush | As We May Think | Vanevar Bush
A recolha da informação | As We May Think | Vanevar Bush
O Memex | As We May Think | Vanevar Bush
Conclusões | As We May Think | Vanevar Bush