Webmarketing

200 Ferramentas Top para Marketing Digital

Neste artigo são apresentadas 200 ferramentas recomendadas para Marketing Digital.

Google faz a seleção dos mais populares no Mundial

A Google divulgou a sua seleção dos melhores jogadores do Mundial 2014, até à primeira frase. A escolha dos atletas leva em consideração o ranking dos mais proc...

Marketing Digital quer especialistas

É uma das áreas emergentes e precisa de profissionais especializados. Um estudo do IPAM – The Marketing School, revela que a área do Marketing Digital está em c...

10 dicas para ser mestre de pesquisa no Google

Nem todos os utilizadores sabem como aproveitar o motor de busca da Google em pleno. Há pequenos detalhes que podem tornar a pesquisa mais eficaz e ferramentas ...

Página da NOS no Facebook: falta de ética ou polémica exagerada?

A marca que sucedeu à Zon Optimus viu-se envolvida numa nova vaga de acusações, desta vez por ter transferido de forma automática os Gostos das páginas das anti...
Page:   of 23 

 

PWM is a Hootsuite Partner

Hootsuite Solution Partner

 Plágio nas escolas – como detectar e combater

Por Carlos Ascensão 

Plágio nas escolas – como detectar e combater

 

  
Qualquer pessoa ligada ao ensino sabe que há uma atracção para a volúpia do abismo por parte de muitos estudantes, quando confrontados pelos professores para apresentarem trabalhos escolares.
 
Refiro-me especificamente ao fenómeno do recurso a trabalhos publicados na Internet que são indevidamente copiados, sem que o professor nada possa fazer a esse respeito.
 
Este artigo visa ajudar os professores a abolirem este flagelo cultural, contribuindo assim para elevar o nível deste país, que tanto precisa.
  

Sorria, está a ser filmado!

 
Esta foi ou não foi uma frase eficaz na dissuasão de pequenos furtos em estabelecimentos de comércio?
 
Então porque não poderá o professor, no início do ano lectivo, encontrar uma forma similar de preservar a honestidade intelectual e académica, contribuindo ao mesmo tempo para uma melhor aprendizagem dos seus alunos?
 
Sorriam… aqueles que NÃO fizerem plágio na Net! Pois eu vou descobrir quem fez!
 
Se pensarmos bem, isto evitará imensas situações, no mínimo, desagradáveis.
 
 

Como fazer?

 
Passo 1
 
Peça os trabalhos nos suportes que quiser, não deixando no entanto de pedir o ficheiro em Word ou noutro software qualquer, desde que seja de texto. Não aceite PDF.
 
 
Passo 2
 
Se ainda não tem site ou blog crie um.
 
Recomendo o Google Page Creator. É gratuito, e, para aquilo que estamos a tratar aqui, não requer mais conhecimentos do que simples processamento de texto.
 
Não deverá demorar mais do que 15 minutos. 5 para criar uma conta no Google (caso não tenha) e 10 para criar o site.
 
Note bem: não estou a falar no “Site das Minha Viagens” ou do “Site da Minha Família”. O que queremos aqui é uma maneira de fazermos “subir os textos” para ambiente Web. Nem sequer vamos perder tempo com formatações ou design.
 
Veja aqui um vídeo explicativo sobre como criar o dito site (2 min. 23 seg.).
 

Plágio nas escolas – como detectar e combater

 
 
Passo 3
 
Faça upload dos ficheiros dos textos para o seu site ou simplesmente “copy paste” dos mesmos, o que vai dar ao mesmo.
 
 
Passo 4
 
Proceda conforme indicado neste vídeo (3 min. 18 seg.).
 
 

Plágio nas escolas – como detectar e combater

 
 
Passo 5
 
Beba uma “mine” à minha saúde!
 
 

Abraços!

 

 

Poderá também ter interesse em:

Há sites perfeitos?

A busca antes do Google

Trancou bem o seu site?

Autor Carlos Ascensão